05 dezembro 2010

“Tome cuidado para não fazer chorar uma mulher, porque
Deus conta suas lágrimas!”.
Na Bíblia, a mulher saiu da costela de homem.
 Não veio dos pés para não ser pisada.
Não veio da cabeça para não ser superior.
Mas veio do lado, para ser igual.
Veio de debaixo do braço, para ser protegida,
e do lado do coração, para ser amada.
O homem e a mulher, juntos, quando se
amam e se sentem “um”, podem revelar todo o seu
potencial, o que na maioria da vezes não é possível
sozinho(a). É como a semente e a terra. A semente
precisa da terra para brotar e se manifestar, e a
terra precisa da semente para cumprir seu propósito
de gerar vida. Uma não pode atingir seu objetivo
sem a outra. As duas partes se completam e se
somam...

15 agosto 2010


Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR!

Clarice Lispector

09 julho 2010

 "Aos cegos, nem dizer verdade aos surdos..
Basta não mentir para quem te escuta, nem decepcionar os olhos de quem te vê.!"

30 junho 2010

Saudades....



Por que sinto falta de você? Por que está saudade?
Eu não te vejo mas imagino suas expressões, sua voz teu cheiro.
Sua amizade me faz sonhar com um carinho,
Um caminhar, a luz da lua, a beira mar.
Saudade este sentimento de vazio que me tira o sono
me fazendo sentir num triste abandono, é amizade eu sei, será amor talvez...
Só não quero perder sua amizade, esta amizade...
Que me fortalece me enobrece por ter você.


Machado de Assis

05 junho 2010

A lista

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar...
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?

Oswaldo Montenegro

20 maio 2010

Eclesiastes 3

                                            "Tudo tem o seu tempo determinado, e
                                           há tempo para todo propósito debaixo do céu."
                                              

30 abril 2010

Tudo, todos e todo

Somos feitos de barro e de fogo
e por isso somos o desejo e o amor.
Fomos feitos de terra e de água
e assim somos eternos como a vida
e somos passageiros como a flor.
Somos a luz , a sombra, o claro, a escuridão
a memória de deus, a história e a poesia.
Somos o espaço e o tempo, a casa e a janela
e a noite e o dia , e o sol e o céu e o chão.

Somos o silêncio e o som da vida
O estudo , a lembraça e o esquecimento.
Somos o medo e o abandono.
A espera somos nós a esperança.
Pois não somos mais e nem menos do que o todo
e nem somos menos e nem mais que tudo.
Somos o perene e o momento, a pedra e o vento.
a energia e a paz, a vida criada e o criador.
Somos o mundo que sente , e irmão da vida
somos a aventura de ser vida e sentimento.
e assim em cada ave que voa há nossa alma,
e em cada ave que morre, a nossa dor.


                   O jardim de todos: autores associados, 2004 p.71

19 abril 2010

Amor que não cobra

O amor quando maduro não é menor em intensidade.
Ele é apenas silencioso.
Não é menor em extensão.
É mais definido colorido e poetizado.
Não carece de demonstrações.
Presenteia com a verdade do sentimento.
Não precisa de presenças exigidas.
Amplia-se com as ausências significativas.
O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo.
Mas vive dos problemas da felicidade.
Problemas da felicidade são formas

trabalhosas de construir o bem, o prazer.
Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro.
Na felicidade está o encontro de peles,
o ficar com o gosto da boca e do cheiro do outro
está a compreensão antecipada,
a adivinhação, o presente de valor interior,
a emoção vivida em conjunto,
os discursos silenciosos da percepção,
o prazer de conviver, o equilíbrio entre carne e espírito.
O amor maduro é a valorização do melhor
do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa.
Ele vive do que não morreu, mesmo tendo ficado
 para depois, vive do que jamais fermentou,
criando dimensões novas para sentimentos antigos,
 jardins abandonados, cheios de sementes.
Até o amor por Deus amadurece
 quando aprofunda e estende.
O amor, qualquer amor, quando
maduro, não pede, tem.
Não reivindica, consegue.
Não percebe, recebe.
Não exige, oferece.
Não pergunta, adivinha.
Existe, para fazer feliz.

05 abril 2010

As palavras sempre ficam

"Se me disseres que me amas, acreditarei.
Mas se escreveres que me amas,
Acreditarei ainda mais.

Se me falares da tua saudade, entenderei.
Mas se escreveres sobre ela,
Eu a sentirei junto contigo.

Se a tristeza vier a te consumir e me contares,
Eu saberei.
Mas se a descreveres no papel,
O seu peso será menor."


... E assim são as palavras escritas: possuem um magnetismo especial, libertam, acalentam, invocam emoções.
  Elas possuem a capacidade de, em poucos minutos, cruzar mares, saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis.
 Muitas vezes, infelizmente, perde-se o autor, mas a mensagem sobrevive ao tempo, atravessando séculos e gerações.
Elas marcam um momento que será eternamente revivido por todos aqueles que a lerem.
Viva o amor com palavras faladas e escritas. Mate saudades, peça perdão, aproxime-se. Alegre alguém, ofereça um simples "bom dia". Faça um carinho especial.
Use a palavra a todo instante, De todas as maneiras. Sua força é imensurável. Lembre-se sempre do poder das palavras.

"Quem escreve constrói um castelo, e quem lê, passa a habitá-lo."
(A.D)

01 abril 2010

Ensinamentos...

A vida nos ensina que perder faz parte do jogo,
mas não ensina como sufocar a dor da perda.
A vida nos ensina a dar para receber,
mas não ensina a suportar a ingratidão.
A vida nos ensina a ter paciência,
mas não nos ensina até quando temos que esperar.
A vida nos ensina a amar ao próximo,
mas não nos ensina a esquecer um desamor.
A vida nos ensina que a distância traz o esquecimento,
mas não ensina que ela também aumenta a saudade.
Enfim, o que a vida nos ensinou é o que também deixou de nos ensinar.

KHumpel

29 março 2010


    "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo
    começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim."

28 março 2010

"O dificil não é lutar por aquilo que mais se quer, e sim, desistir daquilo que mais se ama.
Eu desisti, mas nao por medo de lutar, e sim por nao ter mais
condiçoes de sofrer!"

25 março 2010

Amigos...

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade
que tenho deles. A amizade é um sentimento mais nobre do
que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em
outros afetos; enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que
não admite a rivalidade.
Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem
morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se
morressem todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são
meus amigos e que minha vida depende de suas existências...
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o
quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar!
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que
estão incluídos na minha sagrada relação de amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro,
embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem
noção de como me são necessários, de como são
indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem
parte do mundo que eu, tremulamente,
construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam, rezo pela vida deles.
E me envergonho porque essa minha prece é,
em síntese, dirigida ao meu bem estar.
Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos,
cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim,
compartilhando daquele prazer...
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda
furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado,
morando comigo, andando comigo, falando comigo,
vivendo comigo, todos os meus amigos, e,
principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca
vão saber que são meus verdadeiros amigos!


"A gente não faz amigos.... reconhece-os."

Vinícius de Moraes

21 março 2010

O Pequeno Príncipe

T enho um terrivel vício de leitura, então em um belo dia  percebi que nunca tinha lido o livro do Pequeno principe de Saint-Exupéry, logico , quando criança já tinha visto o filme, mas nunca tinha lido o livro...
São muitas as interpretações das passagens do livro e isso acontece porque cada leitor interpreta conforme o seu conhecimento de mundo e sentimentos. E a cada releitura descobrimos e refletimos de formas diferentes. A única certeza que é comum a todos os leitores é que não se trata de um livro supérfluo. E mesmo adultos, nunca devemos perder a doçura, a curiosidade e sinceridade do nosso lado criança, mesmo diante das adversidades e preocupações diárias das nossas vidas. Nos faz refletir, assim como o narrador sobre a importância das pequenas coisas do dia-a-dia que muitas vezes nos passa despercebidas, como admirar o pôr-do-sol, contemplar uma flor e apreciar as estrelas, e resolvi retirar algumas frases que me chamaram mais a atenção:


"Foi o tempo que dedicastes à tua rosa que fez tua rosa tão importante."

"O verdadeiro homem mede a sua força, quando se defronta com o obstáculo."

"Num mundo que se faz deserto, temos sede de encontrar um amigo."

"É o mesmo sol que derrete a cera e seca a argila."


"Apenas se vê bem com o coração, pois nas horas graves os olhos ficam cegos."


"Viva o hoje,
pois o ontem já se foi
e o amanhã talvez não venha."


"Na verdade, os homens ofendem ou por medo ou por ódio."

19 março 2010

Não existe amor impossível, apenas pessoas incapazes de lutar por aquilo que chamam de amor.
(Debora)

14 março 2010

"Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara" . (Ensaio sobre a cegueira)

Estou lendo um livro muitíssimo interessante do Saramago- o mestre da literatura. Então resolvi compartilhar com todos, algumas frases que achei interessante( a obra como toda é interessante) mas tem algumas que me chamaram mais a atenção, espero que gostem....

"... não é pelo aspecto da cara e pela presteza do corpo que se conhece a força do coração."

"Costuma-se até dizer que não há cegueiras, mas cegos, quando a experiência dos tempos não tem feito outra coisas que dizer-nos que não há cegos, mas cegueiras."

"Dentro de nós há uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos."

"É desta massa que nós somos feitos: metade de indiferença, outra metade de maldade".

"Se não pudermos agir completamente como humanos,façamos o possível para não agir completamente como animais."

"Fizemos dos olhos uma espécie de espelhos virados para dentro, com o resultado, muitas vezes, de mostrarem eles sem reserva o que estávamos tratanto de negar com a boca"

" Quem tem a verdade muitas vezes de disfarçar-se de mentira para chegar aos seus fins"

"São raríssimas as educações perfeitas e que mesmo os mais discretos recatos têm seus pontos débeis"

"Certas coisas o melhor é deixá-las sem explicação, dizer simplesmente que aconteceu, não interrogar o íntimo das pessoas"

"Se não disseres nada compreenderei melhor [...], há ocasiões em que as palavras não servem de nada"

"O difícil não é viver com as pessoas, o difícil é compreendê-las"

"...a lei quando nasce é igual para todos e que a democracia é incompatível com tratamentos de favor".

"...por ter perdido a luz dos olhos, perdesse o farol do respeito."

"O certo e o errado são apenas modos diferentes de entender nossa relação com os outros."

23 fevereiro 2010

Amizade

Palavra tão fácil de pronunciar, porém difícil de seguir,
Pensamos ter finalmente encontrado alguém que nos compreenda.
Porém... basta uma palavra dita ou escrita de modo diferente,paraque o outro se sinta ferido.
Como pode a amizade ser tão frágil, que não resista a uma palavra?
Mas, também tem almas carentes que anseiam por apenas uma palavra...
apenas um simples afago, ou um bom dia escrito diferente...
É muito bom saber que tem alguém, mesmo que distante que se preocupaconosco... que pensa em nós de modo singular, como só os amigos verdadeiros pensam.
Sentimento fácil de confundir, as vezes se transforma em algo sublime.
Paixão....Amor... ou simplesmente uma forte carência afetiva, e nos pega desprevenido.
E.. nos magoamos porque o outro apenas sente carinho e amizade.
Nesta hora, devemos compreender e abraçar o que foi doado pelo outro e aceitar.
Fiquem certos... esta amizade jamais acabará.
Não devemos escolher os amigos.. eles nos são predestinados,seja ele...branco,preto,bonito, feio, pobre ou rico...não importa pois a amizade verdadeira tudo supera...e tudo perdoa...
E como é bom sentir no fundo no coração que temos...
AUTORIA:Lourdes Leite

21 fevereiro 2010

Recomeçar ( adaptado)

Não importa onde você parou...
em que momento da vida você cansou...
o que importa é que sempre é possível e necessário
"Recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
é renovar as esperanças na vida e o mais importante...
acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período?
foi aprendizado...
Chorou muito?
foi limpeza da alma...

Ficou com raiva das pessoas?
foi para perdoá-las um dia...


Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechaste a porta até para os anjos...

Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora...


Pois é...agora é hora de reiniciar...de pensar na luz...
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.
Quando nos trancamos na tristeza...
nem nós mesmos nos suportamos...
ficamos horríveis... o mal humor vai comendo nosso fígado...
até a boca fica amarga.
Onde você quer chegar?
Vá alto... sonhe alto... queira o melhor do melhor...
queira coisas boas para a vida...
pensando assim trazemos prá nós aquilo que desejamos...
Se pensamos pequeno... coisas pequenas teremos...
já se desejarmos fortemente o melhor e
principalmente lutarmos pelo melhor...
o melhor vai se instalar na nossa vida.



Paulo Roberto Gaefke

13 fevereiro 2010

Cuidado com seus pensamentos, eles se transformam em palavras;
Cuidado com suas palavras, elas se transformam em ações;
Cuidado com suas ações, elas se transformam em hábitos;
Cuidado com seus hábitos, eles moldam o seu caráter;
Cuidado com seu caráter, ele controla o seu destino.

10 fevereiro 2010

Clarice Lispector

Sou como você me vê...posso ser leve como
uma brisa ou forte como uma ventania,
depende de quando e como você me
vê passar...suponho que me entender
não é uma questão de inteligência e
sim de sentir, de entrar em contato...
tenho uma alma muito prolixa e uso
poucas palavras, sou irritável e firo
facilmente. Também sou muito calma
e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de
que eu me lembre...Tenho felicidade o
bastante para ser doce,dificuldades
para ser forte,tristeza para ser
humana e esperança suficiente
para ser feliz. Não me dêem fórmulas
certas, por que eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim,
 por que vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem não sou.
Não me convidem a ser igual,
por que sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma,
mas com certeza não serei
 a mesma pra sempre...
Sou uma filha da natureza:quero
pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo,
de um mistério.
Sou uma só... Sou um ser...
a única verdade é que vivo.
Sinceramente, eu vivo.


15 janeiro 2010

Fernando pessoa

Onde você vê um obstáculo,
alguém vê o término da viagem
e o outro vê uma chance de crescer.
Onde você vê um motivo pra se irritar,
Alguém vê a tragédia total
E o outro vê uma prova para sua paciência.
Onde você vê a morte,
Alguém vê o fim
E o outro vê o começo de uma nova etapa...
Onde você vê a fortuna,
Alguém vê a riqueza material
E o outro pode encontrar por trás de tudo, a dor e a miséria total.
Onde você vê a teimosia,
Alguém vê a ignorância,
Um outro compreende as limitações do companheiro,
percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo.
E que é inútil querer apressar o passo do outro,
a não ser que ele deseje isso.
Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.
"Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."